Aceitação do errado por conformidade ao grupo

O Experimento de Conformidade de Solomon Asch, mostra como em grupo o ser humano pode abandonar o que é certo pela aceitação do grupo onde está.
Efeito tambem conhecido como “A unanimidade burra de Solomon Asch”.

O estudo de conformidade de Solomon Asch dá indícios sobre o poder de influência que os grupos exercem sobre os indivíduos. Mostra que o simples desejo de pertencer a um ambiente homogêneo faz com que as pessoas abram mão de suas opiniões, convicções e individualidades.

Imagine crianças e adolescentes que são forçados a permanecer longos períodos de tempo convivendo em grupos a que eles não escolheram pertencer, como a classe da escola, por exemplo. Em ambientes onde o diferente acaba marginalizado ou ridicularizado, a pressão por seguir o grupo pode ser irresistível a um jovem com pouca maturidade ou personalidade. E, assim, muitos começam a fumar, beber e usar drogas.

Mas nem só em ambientes mais inocentes encontramos indivíduos sucumbindo à multidão. A tendência de seguir a opinião dos outros comumente é chamada de efeito manada em finanças, identificando um movimento onde os investidores seguem determinada direção, polarizando a tendência do mercado. Atitudes semelhantes podem ser observadas, também, em algumas religiões, agremiações políticas, moda e diversos outros grupos de indivíduos cujas preferências mudam com o tempo. Ou seja, todos.

Ainda que a vida em sociedade dependa de consensos, eles só serão produtivos na medida em que os indivíduos contribuirem com suas experiências pessoais e considerações particulares. Quando o consenso é produto da dominação ou da conformidade, o processo social é corrompido e os valores individuais são deixados de lado.

Fato é que, de maneira consciente ou não, estamos todos sujeitos às pressões do ambiente, seja ele físico ou psicológico. Há várias situações em que nossas atitudes são fortemente influenciadas por essas pressões e muitas formas de explorar tal comportamento – para o bem e para o mal. O que precisamos é estar atentos a essas armadilhas e identificar – de forma sincera, humilde e desprendida – que tipo de decisões tomamos por nossa própria e independente vontade e quais as que visam a paz de espírito de não ir contra a multidão.

Você pode ver mais a respeito aqui (blog de onde foi retirado o trecho acima), clique.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Aceitação do errado por conformidade ao grupo

  1. Rodrigo Tomé abril 17, 2012 às 3:42 am Reply

    Isso explica MUITA coisa.

  2. Jeová Ramos abril 19, 2012 às 5:56 pm Reply

    muito interessante, gostei. 😀

  3. […] também que existe algo chamado aceitação do errado por conformidade ao grupo, que já postei aqui – e você pode conferir com um […]

  4. antonio setembro 30, 2014 às 11:18 am Reply

    vai da cabeça de cada um,eu saí cedo de casa convivi com varios tipos de pessoas ;nem por isso esqueci o que meu pai me ensinou ;os valores eu nunca esqueci.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: