[Dica de filme] Doze homens e uma sentença (1957)

12 Angry Men (br: Doze Homens e uma Sentença — pt: Doze Homens em Fúria) é um filme estadunidense de 1957, do gênero drama, dirigido por Sidney Lumet. Uma das principais características da obra é a prevalência de apenas uma locação, a sala onde os jurados decidem o destino do réu. Há apenas dois outros breves cenários: uma rápida cena, no início do filme, mostrando a corte de julgamentos, e a cena final, em que o personagem de Henry Fonda deixa o Tribunal.

Um júri composto por doze homens para participar de um tribunal que julgava um homicídio em primeiro grau, que acusava um jovem de dezoito anos de ter matado o seu pai a facadas. Dentro de uma sala onde se passava a reunião dos jurados, foi novamente lembrado que a sentença deveria ser única, ou seja, doze votos para inocente ou para culpado, iniciando-se a partir de então a votação.

Um dentre os jurados se opõe a decisão tomada pelos colegas, alegando que não sabia se o jovem era ou não o culpado, declarando que não poderiam julgar uma vida que poderia ser condenada à morte daquela forma, sem ao menos ter uma argumentação entre eles.

No decorrer da trama, em meio a discussões iniciadas por preconceito, pressão psicológica e a falta de opinião própria de alguns jurados, deram espaço a uma complexa decisão a ser tomada, sendo que, em meio a provas não concretas cedidas pela promotoria e as acusações feitas pelas testemunhas, levaram os jurados a repensarem as suas opiniões e levarem à acusação mais a fundo.

A seguir o filme, completo:

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: