Como organizar as ideias para um artigo científico

rembrandt_ofilosofoImagem: Rembrandt – “O filósofo”

Por
Diretamente do Ciência Prática

Um dos maiores desafios ao preparar um artigo científico é identificar o momento em que todos os elementos necessários estão prontos e é hora de começar a escrever. Isso também se aplica aos casos em que um estudante traz para o orientador um conjunto de dados e quer escrever um artigo baseado nesses dados. Como saber se é hora de começar a escrever?

O objetivo do artigo científico não é simplesmente apresentar um conjunto de dados, mas comunicar a solução de um problema ou uma nova descoberta. De certa forma, o artigo conta uma “história”. Ele tem início, meio e fim. O desafio é tentar identificar qual a “história” a ser contada. Qual o destino? Qual o fim da história? Quais são os passos para se chegar ao destino?

As sugestões abaixo podem ajudar a organizar as ideias e a ver mais claramente se é hora de começar a escrever.

Identifique o objetivo do artigo. O primeiro passo é identificar e clarificar o objetivo do artigo. Tente escrever uma frase que descreva esse objetivo. Por exemplo: “The objetive of this study is to propose a new dosimetric material and demonstrate its performance in neutron dosimetry.” (Essa frase, nesta ou em outra forma,  acabará sendo usada no resumo e na introdução do artigo.)

Organize os pontos a serem demonstrados. Uma vez identificado o objetivo do artigo, quais são os pontos a serem demonstrados para atingir o objetivo proposto? No exemplo acima, quais são as características de um dosímetro de nêutrons? Organize os pontos a serem demonstrados em uma lista. Aproveite a oportunidade para identificar e separar estudos não necessariamente relevantes para o problema a ser tratado no artigo, cujos dados foram obtidos com algum outro propósito.

Organize os dados que demonstram os pontos. Organize os gráficos ou tabelas que demonstram os pontos identificados. Por exemplo, se uma das características de um bom dosímetro de nêutrons é linearidade de resposta com a dose de nêutrons, um gráfico de resposta versus dose mostrando a região de linearidade pode ser suficiente.

Identifique falhas e lacunas na linha de raciocínio. A sequência organizada de gráficos e tabelas conta uma história. Essa história está completa? Existem pontos que não foram levantados? Existem pontos levantados para o qual não há dados? Existem pontos que não são suportados pelos dados de forma convincente? Esse é o momento em que se percebe a falta de dados sem os quais é difícil dizer se o artigo tem sentido.

Por fim, qual a conclusão? No nosso exemplo, a conclusão pode ser que o novo material proposto para dosimetria tem propriedades suficientes para ser usado em dosimetria de nêutrons, ou que o material é promissor mas ainda requer outras melhorias. No último caso, quais melhorias e como elas podem ser atingidas?

Se a história está completa, é hora de começar a escrever, mas isso não significa que novos experimentos não serão necessários. É comum perceber outras falhas na lógica ou lacuna nos dados ao redigir o artigo. No entanto, os passos acima podem evitar que se perca muito tempo escrevendo um artigo que não tem uma chance razoável de ser completado.

Outras observações:

  • Os passos acima também ajudam a identificar problemas na consistência do artigo. Por exemplo, no processo pode-se perceber que nem todos os dados foram obtidos com o mesmo conjunto de amostras ou com o equipamento em uma mesma configuração, o que dificulta a comparação. Nesse caso, pode ser necessário tomar novos dados que sejam consistentes e comparáveis usando o mesmo conjunto de amostra ou uma mesma configuração de equipamento.
  • Ao definir a história a ser contada, é importante ter em mente o tamanho do manuscrito. Se o tamanho estimado está muito acima do usual (por exemplo, um artigo com 15 figuras quando em geral artigos na mesma área tem menos de 10), talvez seja necessário redefinir o escopo do artigo.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: