Ceticismo, Dicas, Filosofia, Utilidades

Como escrever argumentos fortes?

Esse texto é do André Gazola e foi originalmente publicado no Lendo.org

Acabo de ler um ensaio muito interessante intitulado How to Disagree, escrito por Paul Graham. Nele, o autor descreve sete níveis hierárquicos das formas de não concordar com algo.

Desde o nível mais baixo — simplesmente um ataque direto e desrespeitoso ao autor — até a refutação do ponto central — nível mais alto –, Graham dá uma breve explicação de cada um, com exemplos.

Vejamos:

1457453_537217279705186_1833209709_n
Traduzido de http://en.wikipedia.org/wiki/Paul_Graham_(computer_programmer)

Pronto. Através da representação visual, o entendimento e a própria aprendizagem tornam-se muito mais fáceis.

Graham diz que a maioria dos argumentos que usam a contradição não são convincentes. Isso quer dizer que, a partir de agora, quando você for escrever um texto dissertativo/argumentativo, deve lembrar dessa pirâmide e estabelecer qual o tipo de argumento está usando. Se estiver abaixo da contradição, é melhor reformular seu raciocínio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s