Você e o universo estão conectados. Como?

Via Revista Galileu 

O que outrora pertencia ao mito e à religião, hoje é um fato científico: todas as coisas no universo estão interligadas. Conforme os cientistas vão desvendando os mistérios do universo, fica cada vez mais claro que há uma relação entre todas as coisas. Nós, seres humanos, como parte do universo, não ficamos de fora.

Várias descobertas científicas provaram que nós, de uma forma ou de outra, estamos intimamente conectados ao cosmos, Veja a seguir, uma lista de 7 fatos que demonstram que estamos conectados ao resto do universo.

1 – Somos todos poeira das estrelas

Ao ler essa frase, é impossível não lembrar do astrônomo Carl Sagan. Foi ele quem a popularizou. A ideia central contida nela é de que tudo com o que estamos familiarizados: seres humanos, animais, rochas, metais, gases, a maioria dos elementos químicos, foram sintetizados no interior de estrelas em colapso. O ferro em nosso sangue, o cálcio em nossos ossos, o nitrogênio em nosso DNA, todos eles só podem ser criados na natureza em condições extremas, sob temperaturas e pressões muito altas, que são encontradas no interior de estrelas em colapso. Ao colapsar, as estrelas lançam o seu material para o espaço, onde pode ser criados novas estrelas, planetas, e até mesmo seres vivos.

2 – Os átomos do seu corpo já pertenceram a outros seres vivos

Os elementos que estão aqui na Terra dificilmente escapam para o espaço sideral. Podemos dizer que a Terra é praticamente um sistema fechado. Os átomos que aqui estiveram há milhões de anos atrás, provavelmente ainda estão aqui, sendo usados para outros fins. Isso significa, basicamente, que os átomos de dinossáurios podem, evidentemente, fazer parte do seu corpo nesse exato momento.

3 – Toda a vida na Terra tem um grau de parentesco

Nos primórdios da vida no planeta Terra, o primeiro ser vivo se resumia a um mero organismo unicelular. É difícil de acreditar nisso, tendo em vista a magnífica biosfera da Terra. Mas, de acordo com a biologia, essa ideia é perfeitamente aceitável. Porém, a evolução se encarregou de diferenciar as espécies e adaptar cada um em seu ambiente. Esse foi um processo lento, que durou bilhões de anos. Porém, mesmo longínquos, todos os seres vivos tem um grau de parentesco uns com os outros. Todos, sem exceção, tiveram um ancestral comum.

4 – Quimicamente, animais e plantas se complementam

As plantas, como sabemos, são essenciais para a vida na Terra. Elas removem o gás carbônico do ar e liberam oxigênio. No caso dos humanos acontece exatamente o contrário. Nós respiramos oxigênio e liberamos gás carbônico. Do ponto de vista evolutivo, plantas e animais se completam e mantém uma profunda ligação do ponto de vista químico.

5 – Seu corpo é perfeitamente adaptado para viver na Terra

Tanto os seres humanos quanto os demais seres vivos são moldados para viver nas condições impostas pela Terra. Por exemplo: se vivêssemos em um planeta com maior gravidade, nossos músculos e ossos precisariam ser mais resistentes. A seleção natural, proposta do Charles Darwin, trata de escolher os seres aptos a sobreviverem em determinado ambiente.

6 – No nível quântico, não existem objetos sólidos

E se eu te dissesse nesse momento que você não consegue tocar em nada? É exatamente isso. A sensação do tato não passa de uma ilusão de nossos sentidos: são apenas as nuvens de elétrons dos átomos de nossa pele interagindo com as nuvens eletrônicas do objeto. O núcleo do átomo é sólido, no entanto, eles jamais se tocam. Os átomos, quase que em sua totalidade, são feitos de espaço vazio.

7 – Partículas subatômicas podem estar conectadas mesmo a milhões de anos luz uma da outra

Sim, é exatamente isso que você leu. Uma partícula aqui na Terra pode se comunicar com outra partícula em uma galáxia a bilhões de anos-luz de distância. Esse fenômeno é conhecido como entrelaçamento quântico. Essas partículas se comunicam instantaneamente, superando a velocidade da luz.

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: