Arquivo da categoria: Ciência

Infográfico de (alguns) grandes nomes da ciência

Este infográfico mostra alguns dos grandes nomes da ciência em forma de um “metrô”: cada cor de linha representa uma área da ciência, cada ponto uma teoria e cada ponto múltiplo um autor polímata (dedicado a muitas áreas). Vale a pena conferir. 😀

Clique na imagem para visualizar em tamanho maior

Clique na imagem para visualizar em tamanho maior

Não se esqueça de clicar na imagem para visualizar em tamanho maior. 😉

A imagem está em espanhol, mas é de fácil compreensão.

Os 25 melhores países em ciência, em um infográfico

O resultado da pesquisa a seguir está em inglês, divulgado na IFSTScience no ano passado (2014) e com resultados do ano de 2011. A próxima pesquisa será feita em 2016.

Resolvi publicar aqui, a nível de curiosidade. 🙂

Clique na imagem para visualizá-la em tamanho maior.

Clique na imagem para visualizá-la em tamanho maior.

Não esqueça de clicar na imagem para visualizá-la em tamanho maior (original). 😉

Uma animação que deixa as ideias de Stephen Hawking mais fáceis de entender

Stephen Hawking: cosmólogo, físico teórico, e um cara inteligente. Mas boa parte de suas ideias não é fácil de se entender, especialmente para quem tem cérebros menos capazes.

Esta animação, feita pelo Guardian como parte da série “Made Simple”, explica as noções básicas de algumas das ideias de Hawking sobre buracos negros, singularidade, radiação Hawking e mais.

Comecemos pelo buraco negro, um objeto com gravidade tão forte que nada pode escapar dele, nem mesmo a luz. Se o buraco negro engole tudo o que vê pela frente, o que há no centro dele?

Hawking responde: lá dentro, você encontra a singularidade. O que é isso? Bem, como tanta matéria é espremida em tão pouco espaço, a força da gravidade se torna infinita. Por isso, tudo é esmagado em um ponto de densidade infinita. Esse ponto é a singularidade.

Já sabemos o que há dentro de um buraco negro. Agora vamos descobrir o que há em seu redor: o que acontece nas bordas de um buraco negro?

Para entender isso, é preciso entender que o vácuo não é vazio: segundo a teoria quântica, nele surgem pares de partícula e antipartícula que então desaparecem do nada.

Isso também acontece ao redor do buraco negro: surgem pares de matéria e antimatéria. Mas, como ele possui uma gravidade extremamente forte, ele puxa a antipartícula para dentro de si. Enquanto isso, as partículas conseguem escapar – e são chamadas de radiação Hawking.

As antipartículas que entram têm energia negativa, e por isso fazem o buraco negro perder massa. Por isso, aos poucos, ele encolhe e depois desaparece. Mas, em seus momentos finais, o buraco negro cria uma grande explosão – um “big bang” – com a energia de um milhão de bombas nucleares.

OK, mas como isso deixou Stephen Hawking tão famoso? Ora, ele mostrou que, em certo ponto, tudo em nosso universo estava espremido em uma singularidade. Ela explodiu no Big Bang, formando galáxias, estrelas, planetas e você.

Depois desse vídeo, você conseguiu ficar um pouco mais inteligente? [YouTube via Brain Pickings]

Como explicar as explicações?

O blog da ciência publicou esse vídeo fantástico e resolvi publicar aqui.

O físico David Deutsch conseguiu algo aparentemente impensável: explicar a explicação. Ele expõe suas ideias nesse vídeo de uma TED Talk realizada em Oxford, Inglaterra, em 2009. Muitas das ideias exibidas no vídeo deram origem ao seu livro “The Beginning of Infinity: Explanations That Transform the World”, que em uma tradução livre significa “O Início do Infinito: Explicações que Transformam o Mundo”, lançado neste ano.
Segundo Deutsch, uma teoria científica consiste em descrever o visível em termos não visíveis e que nada mais são do que suposições testadas através da observação. Deutsch também fala sobre a importância da Revolução Científica e do Iluminismo para o progresso e para o conhecimento.

Assista clicando aqui: https://embed-ssl.ted.com/talks/lang/pt-br/david_deutsch_a_new_way_to_explain_explanation.html