Arquivo da categoria: Documentários

Gosta do Carl Sagan? Esta é a Série Sagan – Completa e legendada

Reid Gower resolveu fazer um tributo à NASA e ao – grande! – divulgador científico Carl Sagan. O quê ele fez? Criou uma série realmente muito boa, denominada The Sagan Series, com vídeos de mais ou menos seis minutos cada um. E você pode conferir completa e legendada (em um único vídeo) aqui:

Como bonustrack, Sagan falando sobre o progresso tecnológico em nosso planeta:

E sua última entrevista antes de falecer:

Um novo Cosmos

554566_567146553324080_381695942_n

Cosmos foi uma série de TV realizada por Carl Sagan e sua esposa Ann Druyan, produzida pela KCET e Carl Sagan Productions, em associação com a BBC e a Polytel International, veiculada na PBS em 1980. A série Cosmos é um dos mais formidáveis exemplos da amplitude e eficácia que a divulgação científica pode atingir por meios audiovisuais, quando servida por uma personalidade carismática como Carl Sagan e por meios técnicos adequados.

Assisti pela primeira vez aos 11 ou 12 anos, e transformou-se em uma paixão. Sagan é didático e direto, dando exemplos sensacionalmente simples. De lá pra cá, assisti várias vezes todos os episódios e recomendo sempre que posso.

Ano passado tive a feliz surpresa de saber que a Fox faria o remake da série, com ninguém menos que Neil deGrasse Tyson. É difícil escolher alguém para regravar uma série cujo idealizador e apresentador é simplesmente fascinante – mas a escolha foi excelente. A Ann Druyan já não me decepcionaria sozinha, quem dirá em parceria com o Neil… E está previsto para ser lançado em 2014.

A seguir, o trailer oficial, lançado na Comic Con – e com a voz do Sagan no começo. É de arrepiar!

[Atualizado em 31 de janeiro de 2014: Novo trailer!]

De Aristóteles a Stephen Hawking

Será que o Universo teve um começo? Aconteceu mesmo um Big Bang? O que é Espaço? Para onde nos leva a mecânica quântica? Caberá o Universo inteiro dentro de uma molécula da mente humana? O que é Deus? Poderá o homem participar da criação do mundo? Plantas e animais têm alma? Estas e outras tantas questões atuais têm sido na verdade, levantadas por estudiosos ao longo de toda a história da humanidade.
Esta coleção busca respostas na análise das teorias de filósofos clássicos, incluindo Pitágoras, Platão, Sócrates, Anaxágoras, Aristóteles e Plotino, sobre o “início do mundo”. Além de astrofísica, matemática e teologia, tanto da Grécia quanto de conceituadas universidade internacionais.

6 documentários que podem mudar sua visão de mundo

Resolvi fazer uma lista de documentários que têm grande chance de mudar nossa visão de mundo. A seguir, seis documentários, com links para que você os assista legendados e na íntegra.

1. Religulous

No Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=YsRERCF8Ios

“Religulous” é uma junção das palavras religião (religion) e ridículo (ridiculous), é  uma obra que vem com a proposta de tirar um sarro da fé desmedida e mostrar como o fanatismo teísta pode prejudicar de maneira catastrófica o discernimento das pessoas entre realidade e fantasia.

2. Sicko

No Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=VoBleMNAwUg

Mais um bom documentário de Michael Moore, depois de Fahrenheit 9/11 e Tiros em Columbine, SICKO SOS Saúde destaca o sistema de saúde americano, empresas de plano de saúde que negam assistência a pacientes e tratamentos em nome do lucro.

3. The corporation

No Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=Zx0f_8FKMrY

Cento e cinqüenta anos atrás, a corporação era apenas uma instituição insignificante. Mas hoje é mais que uma presença em nossas vidas.
Apesar de a história geralmente depreciar esse domínio, a corporação é a primeira instituição poderosa a ponto de definir a história. Neste complexo, Mark Achbar e Joel Bakan mostram as repercussões da hegemonia das corporaçães na sociedade e na vida das pessoas. Com grandes entrevistas com personalidades do mundo dos negócios como Noam Chomsky e Howard Zinn, e o documentarista Michael Moore, THE CORPORATION denuncia muitas irregularidades e apresenta diversas vitórias contra essa instituição que se diz invencível.

4. Lixo extraordinário

No Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=FGjEk3SiXkE

Lixo Extraordinário mostra a produção de obras de arte com material coletado no aterro do Jardim Gramacho.[2] Ao longo da produção dessas obras, entre 2007 e 2009, transformações se produzem na vida e nas visões de mundo dos sete catadores participantes do projeto – entre eles, Tião Santos, presidente da Associação dos Catadores do Aterro Metropolitano do Jardim Gramacho.

5. Obsolescência programada

No Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=o0k7UhDpOAo

Documentário produzido pela TVE espanhola que trata da obsolescência programada, uma estratégia que visa fazer com que a vida de um produto tenha sua durabilidade limitada para que sempre o consumidor se veja obrigado a comprar novamente.

6. Como a arte moldou o mundo

No Youtube: https://www.youtube.com/watch?v=tG69iGRtIlY

Existe uma imagem que domina o mundo contemporâneo como nenhuma outra: o corpo humano. “Como a Arte Fez o Mundo” viaja desde o mundo moderno da publicidade aos templos da Grécia clássica e túmulos do antigo Egito para desvendar o mistério por trás do motivo de os humanos se rodearem de imagens do corpo que são tão irreais.

Bônus

Um documentário que me marcou bastante e que eu havia esquecido de incluir na lista: Estamira.

No Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=jF8zYfLc9Q8

Estamira conta a história de uma mulher de 63 anos que sofre de distúrbios mentais e trabalha há mais de vinte anos no aterro sanitário do Jardim Gramacho, um local renegado pela sociedade, que recebe diariamente mais de oito mil toneladas de lixo produzido no Rio de Janeiro. Com um discurso eloqüente, filosófico e poético, a personagem central do documentário levanta de forma íntima questões de interesse global, como o destino do lixo produzido pelos habitantes de uma metrópole e os subterfúgios que a mente humana encontra para superar uma realidade insuportável de ser vivida.

Criança: a alma do negócio

A criança pede demais? É culpa dos pais. A criança não sabe aceitar um “não”? A culpa é dos pais. A criança é birrenta? A culpa é dos pais. Peraí, será que a culpa é mesmo sempre dos pais?

Este documentário reflete sobre estas questões e mostra como no Brasil a criança se tornou a alma do negócio para a publicidade. A indústria descobriu que é mais fácil convencer uma criança do que umn adulto, então, as crianças são bombardeadas por propagandas que estimulam o consumo e que falama diretamente com elas.

O resultado disso é devastador: crianças que, aos cinco anos, já vão à escola totalmente maquiadas e deixaram de brincar de correr por causa de seus saltos altos; que sabem as marcas de todos os celulares mas não sabem o que é uma minhoca; que reconhecem as marcas de todos os salgadinhos mas não sabem os nomes de frutas e legumas. Num jogo desigual e desumano, os anunciantes ficam com o lucro enquanto as crianças arcam com o prejuízo de sua infância encurtada. Contundente, ousado e real este documentário escancara a perplexidade deste cenário, convidando você a refletir sobre seu papel dentro dele e sobre o futuro da infância.